Ferramentas do usuário

Ferramentas do site


faq_candidatos

Perguntas Frequentes dos Candidatos

O que é um Mestrado Profissional?

O Mestrado Profissional é uma modalidade de pós-graduação stricto sensu que se iniciou no Brasil em 1998 e foi recentemente reformulada pela CAPES/MEC (Portaria Normativa 7 de 22/06/2009). Essa modalidade de mestrado enfatiza estudos e técnicas diretamente voltadas ao desempenho de um alto nível de qualificação profissional. Mais informações sobre Mestrado Profissional podem ser obtidas na CAPES/MEC.

A quem o curso se destina?

O público-alvo do PPGCA são graduados em cursos de nível superior nas áreas de Tecnologia da Informação, Sistemas de Informação, Computação e áreas afins, como Engenharias, Matemática, Estatística, etc. ou ainda graduados em outras áreas com experiência comprovada de atuação profissional na área de Computação.

Os portadores de diploma de Tecnólogo são aceitos normalmente como alunos regulares, desde que sejam aprovados no processo de seleção.

Quais as diferenças entre um mestrado profissional e um mestrado acadêmico?

Legalmente, mestrado profissional e acadêmico dão o mesmo título (mestre) e as mesmas atribuições (por exemplo, dar aulas em curso superior). A diferença é que o mestrado profissional é mais voltado para profissionais atuantes, não exigindo dedicação integral, mas também não dando bolsa aos alunos.

Os projetos de mestrado profissional tendem a ser mais “aplicados” ou seja mais práticos que os dos mestrados acadêmicos, mas obviamente existem exceções de parte a parte. De todo modo, um projeto de mestrado deve trazer inovação e contribuição à ciência ou tecnologia, seja ele profissional ou acadêmico.

Qual é a titulação obtida?

O título conferido pelo PPGCA é de “Mestre em Computação Aplicada”. Mestrados acadêmicos usualmente conferem o título de “Mestre em Ciências”.

O mestrado profissional permite ingressar em um doutorado?

Sim, alunos titulados em um mestrado profissional podem ingressar posteriormente em um doutorado sem nenhuma restrição legal. O artigo 2 da Portaria Normativa 7 de 22/06/2009 da CAPES/MEC deixa isso claro:

Art. 2º O título de mestre obtido nos cursos de mestrado profissional reconhecidos e avaliados pela CAPES e credenciados pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) tem validade nacional e outorga ao seu detentor os mesmos direitos concedidos aos portadores da titulação nos cursos de mestrado acadêmico.

O curso é reconhecido pelo MEC?

Sim, o curso de Mestrado Profissional do PPGCA foi homologado pelo Conselho Nacional de Educação (CNE) na portaria MEC 1045, de 18/08/2010, publicada no Diário Oficial da União de 19/08/2010. O curso é recomendado pela CAPES com conceito de avaliação 3.

Quanto custa o curso?

O Mestrado Profissional em Computação Aplicada é gratuito, nenhuma taxa é cobrada dos alunos ao longo do curso. Contudo, o aluno poderá ter algumas despesas com compra de livros, fotocópias de artigos científicos e apostilas, viagens a congressos, etc., como em qualquer curso de pós-graduação. A UTFPR dispõe de acesso ao Portal de Periódicos da CAPES, portanto eventuais despesas com publicações científicas serão improváveis.

Eventuais despesas com livros e viagens a congressos, dentro do possível, poderão ser cobertas por empresas conveniadas, pela empresa em que o aluno trabalha e/ou pelas agências governamentais de fomento à pesquisa (Fundação Araucária, CAPES, CNPq).

Existem bolsas?

Bolsas exclusivas do curso não existem. Por ser um mestrado profissional, é esperado que os alunos trabalhem durante o curso. As aulas geralmente ocorrem em horários que possibilitam ao aluno ser liberado por seu empregador (início da manhã ou à noite). Contudo, podem existir bolsas associadas a projetos de pesquisa coordenados por docentes do PPGCA como, por exemplo, bolsas concedidas pelo TCE e pela Renault do Brasil.

Quanto tempo dura o curso?

O aluno deve concluir o curso (concluindo todas as disciplinas e defendendo sua dissertação) no prazo máximo de 24 meses. Excepcionalmente pode ser aprovado um prazo adicional de até 6 meses (em decorrência de trancamento de matrícula), a critério do colegiado.

O curso é à distância?

O Mestrado Profissional em Computação Aplicada é exclusivamente presencial.

Qual é o horário das aulas?

O horário pode variar ano a ano, em função da disponibilidade dos docentes e outros fatores. Os horários de cada trimestre nos últimos anos podem ser consultados no calendário.

Qual a dedicação necessária?

Durante o primeiro ano do curso, além dos horários das aulas, é prevista uma carga de trabalho entre 10h e 15h semanais, para realizar as atividades previstas nas disciplinas e o desenvolvimento inicial do projeto de pesquisa. No segundo ano normalmente não há disciplinas previstas, mas o trabalho de pesquisa geralmente toma entre 15h e 20h semanais. É fortemente recomendável concentrar essas horas de trabalho em poucos dias: pode exemplo, é mais produtivo ter dois períodos de trabalho de 5h semanais que 5 períodos de 2h cada.

Quais disciplinas um(a) aluno(a) deve cursar?

O percurso típico de um mestrando no PPGCA está descrito nesta página.

Como escolho uma área ou tema de pesquisa?

A pesquisa é uma atividade de longo prazo, que exige sinergia entre orientando e orientador. Por isso, sugere-se analisar as áreas de atuação e currículo de cada membro do corpo docente para identificar possíveis orientadores e, em seguida, conversar pessoalmente com os mesmos a fim de identificar interesses comuns.

Já tenho um tema/problema definido, como procedo?

Sugere-se analisar as áreas de atuação de cada membro do corpo docente para identificar orientadores que atuem no tema de interesse; em seguida, conversar pessoalmente com o(s) mesmo(s).

Devo definir um projeto antes de me candidatar?

Não, mas é importante identificar claramente sua área de interesse dentre as linhas de pesquisa do programa. Contudo, sugere-se analisar as áreas de atuação e currículo de cada membro do corpo docente para identificar possíveis orientadores e, em seguida, conversar pessoalmente com os mesmos a fim de identificar interesses comuns.

Quando serão abertas as inscrições para a próxima turma do PPGCA?

As inscrições para a seleção de alunos regulares e especiais do PPGCA geralmente ocorrem no meio do ano. Assim que o Edital de Seleção é publicado, ele é divulgado neste site, na seção de editais.

Quantas vagas são oferecidas anualmente no PPGCA?

Geralmente são oferecidas entre 15 e 25 vagas. Contudo, o número preciso de vagas é definido a cada ano, em função da disponibilidade dos orientadores (a CAPES recomenda que cada orientador oriente no máximo 8 alunos simultaneamente).

Como é feita a seleção?

As informações sobre a admissão no curso de mestrado estão disponíveis nesta página.

Como é a prova de seleção?

A prova de seleção está descrita na página sobre admissão e detalhada no edital anual de seleção. Provas de seleções já realizadas podem ser encontradas nesta página.

O que é PosComp?

O Exame Nacional para Ingresso na Pós-Graduação em Computação (POSCOMP) (site 1, site 2) é um exame nacional organizado pela Sociedade Brasileira de Computação, usado por muitos programas de pós-graduação como principal critério de avaliação de seus candidatos a mestrado e doutorado.

O PosComp é obrigatório?

A partir da seleção para a turma de 2016, fazer o POSCOMP é obrigatório para inscrever-se no PPGCA.

É possível cursar disciplinas sem ser aluno regular do PPGCA?

Sim, mas em casos específicos. Consulte a página sobre alunos externos.

faq_candidatos.txt · Última modificação: 2016/08/03 11:29 por marcow

Ferramentas da página